sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando ao SENHOR teu Deus, dando ouvidos à sua voz, e achegando-te a ele; pois ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias; para que fiques na terra que o SENHOR jurou a teus pais, a Abraão, a Isaque, e a Jacó, que lhes havia de dar. (DT 30:19-20)

Há um momento na vida em q é preciso escolher: ser como os outros querem q a gente seja, ou sermos nós mesmos, vamos lá: c/ nossas qualidades e defeitos q ninguém é perfeito neste mundo d Deus.

O próprio Deus q é um ser perfeitíssimo, às vezes deixa o mundo para o Diabo, no fundo dá certo, na vida d cada um d nós, há momentos em q é fácil enterrar a cabeça na areia e fingir q ñ há problemas, nessas horas é q devemos escolher o difícil.

Durante a campanha dos pracinhas brasileiros na Itália, eles sofreram c/ o frio do q c/ a guerra... nas trincheiras eles eram obrigados a mexer c/ os pés, c/ o corpo, c/ as mãos, exatamente para sentir frio, isto mesmo, quando ficavam quietinhos, abafadinhos, sentiam um colarzinho gostoso, era o sinal d q o frio começava a gangrenar as pernas e muitos morreram ou ficaram mutilados, tendo d amputar os membros.

Na vida é assim... quando a gente sente q tudo está ficando gostoso demais, cuidado, pode ser o sinal d alerta, precisamos nos mexer, precisamos ser nós mesmos !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.