segunda-feira, 6 de junho de 2011

Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar? Para que não aconteça que,depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar,todos os que a virem comecem a escarnecer dele,Dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar.Ou qual é o rei que, indo à guerra a pelejar contra outro rei,não se assenta primeiro a tomar conselho sobre se com dez mil pode sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil? De outra maneira, estando o outro ainda longe, manda embaixadores, e pede condições de paz. Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo. ( LC 14:28-33 )

Discipulado q começa na nossa imperfeita história humana,e ñ na história perfeita d Jesus, ñ é discipulado. Discipulado q é menos do q um compromisso total d repartir o amor d Deus aqui no mundo, ñ é discipulado. Discipulado q depende d recursos humanos para construir uma vida púbica ou ganhar batalhas espirituais, ñ é discipulado. Discipulado q ñ é uma generosidade contínua para todos, ñ é discipulado. O q ñ começa ouvindo a Jesus e ñ continua ouvindo a Jesus, ñ é discipulado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.