sexta-feira, 8 de julho de 2011

Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? ( MT 6:26 )

Quanto vale a sua vida? Qual é o tesouro da vida?
Vç já parou para pensar o q aconteceria se d repente vç descobrisse q é portador d uma enfermidade q o pode conduzir para a morte, em breve tempo? Foi uma situação dessas q aconteceu c/ um executivo q durante 29 anos somente viveu para o trabalho, as suas jornadas eram d 15 a 16 horas diárias. Férias d 30 dias... jamais! Então veio um dia e uma noite d febre, ele foi ao médico q diagnosticou nada além d sintomas d gripe, + a febre persistia. Exames + acurados apontaram a possibilidade d ele ser portador d uma grave doença no pulmão. O executivo descreve sua surpresa e suas decisões assim:"é impressionante como a vida da gente pode mudar d sentido c/ uma simples radiografia,o profissional seguro acostumado a liderar grandes equipes, estava agora à mercê dos médicos,dos exames clínicos e,d Deus." Uma forte crise renal aconteceu em seguida e ele viu sua vida toda passar pela mente em minutos. Medo d deixar d viver era o q sentia, queria continuar vivo para ver seu primeiro filho se formar em medicina,e ele estava apenas no 2° ano,queria ver o seu 2° filho entrar na universidade,ele nem vestibular havia feito ainda... 20 dias depois finalmente veio o diagnóstico... o problema do pulmão ñ era maligno e ele poderia se tratar no ambulatório, no período em q aguardava o resultado da biópsia a q se submetera, ele aprendeu muito sobre muitas pessoas e o carinho q elas tinham por ele... uma funcionária veio lhe dizer q sua mãe estava orando por ele,seu gerente lhe falou q sua mãe também estava orando muito pelo seu restabelecimento,e ele nem a conhecia, + ela estava orando pq ele fora bom para seu filho,um dia. O executivo descobriu finalmente q a mulher c/ a qual estava casado há 20 anos era muito + forte do q ele supunha. Enquanto ele se abalou,ela se manteve d ânimo firme, incentivando-o a crer e esperar o melhor. E ela mesma deu a notícia da enfermidade do pai para os garotos. Depois d tudo o q passou, o executivo mudou a sua forma d viver. Acredita q Deus lhe deu um grande presente, ensinando-lhe a verdadeira importância d viver o dia-a-dia, d curtir a família e os amigos,d cuidar da saúde e,d trabalhar c/ prazer,hj na condição d professor ele se envolve c/ os alunos muito além da sala d aula,aprendeu a gostar da chuva e d brincar c/ seu cachorro,passou a dar valor,d fato,à família e aos amigos. Passou a dividir as tarefas c/ seus colaboradores,em vez d ser centralizador. E concluiu,em seu depoimento: "quero viver cada minuto como se fosse o último, já q dessa experiência ficou a impressão d q na hora do adeus, só restarão os arrependimentos pelo q deixamos d fazer,espero q essa mudança seja perene. Deus me permita aproveitar todo minuto como único,o trabalho como diversão, os amigos c/ paixão,minha mulher e meus filhos como verdadeiro elixir da longevidade. E então? Quanto vale a sua vida? Não espere adoecer para descobrir q a saúde é precioso talento,q a família é um tesouro,e os amigos,jóias raras,pense nisso. Comece desde agora a viver c/ intensidade, desfrutando d todas as oportunidades. Não trabalhe somente para produzir,ganhar e crescer. Lembre-se q o crescimento vem do prazer d realizar. E num dia d 24 horas,ñ esqueça d reservar ao menos 40 minutos para exercícios d abraços,beijos e outras delicadas demonstrações d carinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.