domingo, 2 de outubro de 2011

E, chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível. Porque, antes que alguns tivessem chegado da parte de Tiago, comia com os gentios; mas, depois que chegaram, se foi retirando, e se apartou deles,temendo os que eram da circuncisão. E os outros judeus também dissimulavam com ele, de maneira que até Barnabé se deixou levar pela sua dissimulação. Mas, quando vi que não andavam bem e direitamente conforme a verdade do
evangelho, disse a Pedro na presença de todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios, e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus? Nós somos judeus por natureza, e não pecadores dentre os gentios. Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada. ( GL 2:11-16 )

Se o Espírito d Cristo está inspirando um grupo d discípulos sempre existirá um espírito d igualdade entre todos. Quando existe um ambiente d pessoas q ‘tem’ e de pessoas q ‘ñ tem’, significa q a igualdade q o Espírito inspira está desaparecendo. Na carta aos Gálatas o Apóstolo Paulo confronta o Apóstolo Pedro por causa do assunto da igualdade entre crentes Judeus e Gentios. É difícil imaginar um apóstolo confrontando outro, + a igualdade na igreja é suficientemente importante para merecer este confronto. Um grupo d Judeus q pensava q tinha + cristianismo do q outros grupos d pessoas veio visitar a igreja. Trazendo este paradigma d superioridade espiritual, este grupo conseguiu convencer até Pedro e Barnabé q existem 2 categorias d vida cristã e 2 categorias d discípulos: os q ‘tem’ e os que ‘ñ tem’. Se este tipo d erro foi cometido pelo Apóstolo Pedro e por Barnabé, quem somos nós para pensarmos q ñ podemos cometer hj o mesmo erro? Este tipo d erro é capaz d destruir a essência e a união d uma igreja e todos nós podemos cair nessa tentação. Como então podemos evitar este erro?

Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos. ( CL 3:11 )

1° Ficando focados no fato d q Cristo é o cristianismo, Jesus é o cristianismo inteiro e todos os q tem Jesus tem o mesmo cristianismo.

2° Vendo a razão da nossa existência como sendo amar. Existimos para amar. Existimos para dar o melhor q somos e o melhor q temos a quem precisa d nós. Se pensarmos q somos melhores ou q temos + do q algumas pessoas esta perspectiva somente aumenta a nossa responsabilidade para amá-las d uma forma eficaz em vez d isolá-las.

3° Resistindo a tentação d ver as posições d liderança como lugares d superioridade
em vez d lugar d serviço. Deus eleva algumas pessoas para lugares d autoridade pq
destas posições elas ainda podem ‘lavar os pés’ d outros. Líderes q ñ conseguem ‘lavar os pés’ da posição elevada em q se encontram precisam ser confrontados por outros líderes q sabem ‘lavar pés’.

Escutem estas palavras inspiradas pelo Espírito Santo q foram escritas pelo Apóstolo Paulo:

Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo. Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa. ( GL 3:26-29 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.