domingo, 5 de fevereiro de 2012

Também o reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo dele, vai,vende tudo quanto tem, e compra aquele campo. Outrossim, ( Também, igualmente ) o reino dos céus é Semelhante ao homem, negociante, que busca boas pérolas; E, encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a. ( MT 13:44-46 )


Pq o homem e o comerciante fizeram o q fizeram? Fizeram pq era muito bom para eles. Foi uma vantagem enorme chegar ao ponto d ñ precisar nunca + buscar escolher uma fonte para sustentá-los. Tendo feito estas escolhas, findou-se a necessidade d
procurar +... q alivio! Será q o reino dos céus aprova este tipo d pensamento? Segundo Jesus... sim. Isso me surpreende. Se eu estivesse tentando comunicar estas parábolas eu provavelmente teria tentado modificá-las para combinar c/ minhas velhas ideias d autonegação como sendo a base do comportamento cristão. Eu teria acrescentado algo assim...

“E o homem deu todo o tesouro para os pobres para ñ correr o risco d ser distraído pelo tesouro.” “e o comerciante q comprou a pérola a vendeu e deu o dinheiro aos pobres para ser um exemplo d humildade.”

Será q Jesus se esqueceu d acrescentar um pensamento assim? Não! Jesus aprova quando um ser humano sabe escolher d vez a solução permanente para si antes d tentar ser uma solução parcial na vida dos outros. O tesouro é Jesus. A pérola d grande valor é Jesus. Jesus é o valor maior do reino dos céus. Jesus é o reino dos céus feito
visível e acessível. Deixando para traz tudo q acumulamos em nossa busca interminável da felicidade e segurança para ter Jesus é bom para nós e é muito inteligente. A verdade é q esta escolha final d Jesus é o q nos faz pessoas úteis nas mãos d Deus para amar. Fazer d Jesus nossa última escolha nos dará condições d finalmente focar no amor. Existe um fato essencial sobre todos nós. Sempre fazemos o q achamos bom para nós mesmos e q nos leva a maior alegria. Nós nos amamos e as nossas escolhas provam disto dia após dia. Quando finalmente escolhemos Jesus, estamos finalmente cessando esta procura e nos contentado c/ o “tesouro”e c/ a “pérola”. Isto é certo e bom. Escolher o q é bom para nós ñ é o problema. O problema é q escolhemos coisas erradas e logo a busca volta e nos enche c/ uma sensação d escassez d novo. Começamos a procurar d novo, nós sofremos e as pessoas ao nosso redor sofrem por causa disto. Quando escolhemos Jesus como a última escolha, Deus se alegra conosco pq foi Ele mesmo quem escolheu Jesus para ser nossa última escolha. Tendo escolhido Jesus, certamente é muito bom para nós e será muito bom para quem precisa d nós. Quando escolhemos Jesus a necessidade d continuar buscando e escolhendo cessa. Q alívio! Escolhemos o melhor para nós e foi uma escolha inteligente e divina. Para amar como devemos amar devemos saciar a questão da abundância pessoal e permanente em Cristo. Esta questão precisa ser resolvida d uma vez por todas. Escolha Jesus pq é muito bom para vç e vç... será um ser humano muito bom para todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.