segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. (DT 6:6-7)

Sabia q para vc aproveitar a vida, "tudo ñ precisa ser perfeito" e q quantos momentos vc perde, pq está tão envolvido em tornar tudo perfeito?  E vc fica tão consumido c/ o tornar tudo perfeito q se esquece d parar e apreciar o momento, q é a razão d toda a vida. Todos já fizemos isto, e na maioria das vezes, nossa frustração decorre d nosso desejo sincero d abençoar as pessoas q amamos, mas tenhamos certeza d manter a nossa perspectiva. Para q vc possa desfrutar da vida, tudo ñ precisa ser perfeito, e vc ñ tem q tirar um dia inteiro para mostrar a alguém q vc se importa. Talvez tudo q seu filho ou ente querido queira é q vc estenda um cobertor no quintal e faça um simples piquenique. Claro q, algo sempre vai surgir, exigindo sua atenção imediata, mas a maioria das coisas podem esperar. O telefone pode esperar, os pratos podem esperar, + os seus entes queridos precisam d seu investimento d tempo e atenção. Torne os seus relacionamentos uma prioridade e encontre maneiras simples d apreciar as pessoas q vc ama. Ninguém chega ao fim da vida e diz...

"como eu gostaria d ter passado + horas no escritório", ou
"Eu gostaria d ter tido uma casa + limpa."

Não, no final d suas vidas, a maioria das pessoas dizem:

"Eu gostaria d ter passado + tempo c/ minha família e entes queridos."

Quando se trata d enfrentar os desafios nos relacionamentos, a nossa cultura d hj faz c/ q seja tão fácil d se concentrar na auto-gratificação instantânea, em vez d considerar o valor d longo prazo dos investimentos realizados nos relacionamentos. As relações + gratificantes são construídas e comprovadas ao longo do tempo. É semelhante a compra d uma casa, c/ o tempo vc constrói a equidade. Lembre-se q para q vc possa aproveitar a vida, "tudo ñ precisa ser perfeito".

Se alguém não cuida de seus parentes, e especialmente dos de sua própria família, negou a fé e é pior que um descrente. (1° TM 5:8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.